Copy+of+Imagem_01_SM.jpg

CONCURSO: CASA DA SUSTENTABILIDADE

LOCALIZAÇÃO
CAMPINAS

ANO DO PROJETO
2016

EQUIPE
JOANA CORBETT, KIRSTEN LARSON, LUCIO FLEURY

STATUS
CONCURSO


 

O edifício respira, consome e gera resíduos. Para evidenciar a procura pelo equilíbrio nestas relações da construção com o meio ambiente, colocamos o funcionamento de todos seus elementos em plena exposição aos olhos do visitante. A construção, com 1.487,50m2, está dividida em dois blocos soltos do chão e ligados por uma cobertura em arco que sustenta uma mini usina fotovoltaica. Sob um dos blocos o piso técnico com a infraestrutura de equipamentos está visível ao público. O outro bloco traz uma área de pilotis livre para atividades diversas conectando a praça de acesso ao micro clima do vão central. O auditório conecta os dois blocos no pavimento superior. A integração com o entorno nos orientou a fazer um edifício permeável onde a vegetação do parque adentra o vão central convidando as pessoas a participarem do espaço. A comunicação com o exterior é destacada através dos elementos de sustentabilidade que extrapolam o edifício e sinalizam sua importância. A água, que participa ativamente da paisagem arquitetônica, convida as pessoas a se aproximarem e interagir com os demais elementos da construção. Mas não é só por equipamentos de infraestrutura ou pelos elementos construtivos que o projeto busca a sustentabilidade. O Desenho procura ser sustentável. No canteiro de obras racionalizado e trazendo conforto ambiental para os ocupantes através de Iluminação natural, ventilação cruzada, o microclima na área central e os grandes beirais com jardins que protegem e refrescam a fachada.