DeckSegundoAndar_01.jpg

CASA SOBRE O MAR

LOCALIZAÇÃO
ILHABELA

EQUIPE
JOANA CORBETT

ANO DO PROJETO
2007-2008

CONSTRUÇÃO
RENATA RODRIGUES FERREIRA

STATUS
CONSTRUIDO

ESTRUTURA DE MADEIRA
ITA CONSTRUTORA


 

Com vista para o Canal de São Sebastião e o continente, a Casa Sobre o Mar está localizada em um terreno em aclive, com divisa para o Parque Estadual de Ilhabela, no litoral norte de São Paulo. O desenho da casa se integra completamente com a mata atlântica que a cerca, destacando elementos naturais existentes na natureza. O projeto atende como principal desejo do cliente uma casa agradável de ficar, acolhedora e convidativa que respeitasse o meio ambiente. Uma grande rocha que emerge do terreno em alguns pontos é o elemento central da casa, se estendendo desde a cozinha, sala de jantar e lavabo. Uma casa composta por espaços abertos e integrados com ventilação cruzada permanente e iluminação natural.

A casa foi implantada faceando oeste. Grandes portas de correr com venezianas na parte inferior abrem totalmente a área social, e fazem com que a casa ventile permanentemente, mesmo quando fechada. As 5 suítes também possuem o mesmo sistema de fechamentos, que permite uma ampla vista ao canal e continente. As amplas varandas receberam bancos ao invés de guarda-corpos, destacando ainda mais como um espaço de ficar e não somente de passagem para acessar os quartos. No nível inferior ao da sala, o deck atinge a piscina de borda infinita onde o reflexo da água se funde com o mar em vista.

Os elementos arquitetônicos, espaciais, layout e sistema construtivo foram adotados para chegar em um resultado mais próximo ao “ambiente agradável de estar”, e que esteja em harmonia com a natureza. A fundação da casa foi executada diretamente na pedra, evitando gastos excessivos de concreto que uma fundação convencional teria. A estrutura de madeira pré-fabricada em cumaru evita desperdícios de matéria prima, além de ser uma madeira resistente que dispensa manutenção pela sua densidade.

A casa é composta por dois volumes conectados por uma escada de pedras inserida no paisagismo: o volume principal conta com a área social no andar intermediário, deck e piscina no andar inferior e duas suíte no andar superior; o volume anexo em nível mais alto no terreno, conta com 3 suites mais isoladas e privadas. 

A decoração da casa foi composta por uma mistura de peças de arte popular brasileira e local, que captam a essência da ilha e valorizam seus artistas. Os móveis coloniais já adquiridos pelo cliente anteriormente foram inseridos na casa, posicionados harmonicamente com algumas peças mais contemporâneas. As luminárias também foram adquiridas em produtores locais. 

--

Perched on a steep hillside, looking west over a narrow strait toward mainland Brazil, House on the Sea is located on Ilhabela (beautiful island) just off the north coast of the state of São Paulo. The home treads lightly on the wild landscape of an island that is 85% national park, framing its natural elements in every architectural detail. The projects design was guided by two key factors: the client, who desired an “enjoyable place to be” one that is “warm and welcoming,” and the landscape of the site. Emerging from the earth in three places, a large boulder is the centerpiece of the residence, projecting into the kitchen, living room, and bathroom of the main house—a raw and rocky topography that is both floor and wall. Enmeshed in the natural landscape, House on the Sea is composed of integrated and open spaces that are naturally ventilated and day-lit.   

House on the Sea faces west; large sliding doors completely open the main living space and five individual suites to an uninterrupted cliff-side view of the small town below, Ilhabela Channel, and the horizon of mainland Brazil in the distance. Seamless benches stretching the length of four tiers of decks emphasize the horizontality of the expansive views against the verticality of the steep slope. They are gathering spaces for the homes many guests and quiet perches for reading and relaxing. The water of a crescent-shaped infinity pool on the lowest deck appears to merge with the blue sea below.  

The projects architectural elements, spatial layout, and construction system were all developed to create an “enjoyable place to be” that responds to the natural landscape. The foundation of the building is embedded within the sites large bolder, requiring much less concrete in its construction. Native Cumaru wood was selected as the main architectural element as it is prefabricated and limits loss of material during construction. Ventilated sliding windows and doors allow for natural ventilation even when the house is closed. The project includes two separate structures connected by landscaping and a rock staircase: the main house which includes common spaces and two suites, and a detached structure located further up the site comprised of three private and secluded suites.

The interior decoration of the home is also a blend of the many unique characteristics of Ilhabela. The home is filled with local works of art – sculptures, paintings, and drawings – that capture the essence of the island and valorize its artists. The furniture is a mixture of antique colonial and few modern pieces. Wall and hanging lights were also constructed on the island. 

 

Publicações:

 
 
 Historias de Casa | Vista Para O Mar | Capítulo 1

Historias de Casa | Vista Para O Mar | Capítulo 1

 Historias de Casa |Vista para o mar | Capítulo 2

Historias de Casa |Vista para o mar | Capítulo 2